SDEA

Ambicionamos ter um papel ativo no desenvolvimento dos Açores e na consequente melhoria da qualidade de vida de todos os açorianos

Açores

Ponto de encontro para quem navega no Atlântico. Açores as portas para a Europa e as portas para o Continente Americano

Açores

Grande qualidade de vida por muito pouco

Açores

Ouro pelo “Destino Quality Coast nº 1”

Açores

Descubra os Açores usando os nossos transportes

30 de março de 2017

Açores participam no Fórum RUP



O Presidente do Governo Regional dos Açores, Vasco Cordeiro, participa esta quinta e sexta-feira, no 4.º Fórum RUP, um encontro que reúne, em Bruxelas, centenas de representantes e especialistas das nove Regiões Ultraperiféricas da Europa, dos seus Estados-Membros, das instituições europeias e da sociedade civil.

A convite do Governo dos Açores, a delegação açoriana que participa neste Fórum RUP, promovido pela Comissão Europeia, é constituída por representantes das três Câmaras do Comércio e Indústria, da Associação de Municípios, da SDEA, da Federação Agrícola, da Federação de Pescas, da Universidade dos Açores, da Associação dos Industriais de Construção Civil e Obras Públicas, da UGT, da CGTP, do INOVA, das escolas profissionais da Região, assim como de várias empresas.
No âmbito desta iniciativa, denominada “As Regiões Ultraperiféricas, Terras Europeias no Mundo: Rumo a uma Estratégia Renovada”, Vasco Cordeiro intervém na sessão de parceria com a Comissão Europeia, que juntará também os Presidentes dos Governos da Madeira, Guiana, Guadalupe, Canárias, Martinica, Maiote, Reunião e Saint-Martin.

Ao longo dos dois dias de trabalhos, estarão em análise quatro grandes temas, relacionados com o reforço da competitividade e do emprego nas RUP, no âmbito da economia circular, verde, azul e da energia, as perspetivas para uma melhor integração das RUP nos mercados regionais e internacionais, a melhoria das acessibilidades digital e física e o apoio dos programas e dos fundos europeus a estas regiões.

Além destas várias sessões temáticas, a quarta edição do Fórum RUP contará, entre outros responsáveis políticos e representantes de instituições comunitárias, com a intervenção do Presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, da Comissária Europeia para a Política Regional, Corina Cretu, do Comissário Europeu do Ambiente, Assuntos Marítimos e Pescas, Karmenu Vella, e do Presidente do Parlamento Europeu, Antonio Tajani.

O Fórum das Regiões Ultraperiféricas realiza-se de dois em dois anos, em Bruxelas, e surgiu na sequência de uma proposta do Governo dos Açores efetuada em 2008 na Conferência “Futuro da Estratégia Europeia para as RUP”, acolhida pela Comissão na sua comunicação “As Regiões Ultraperiféricas: um trunfo para a Europa” e reforçada nas conclusões do Conselho Europeu de dezembro de 2009.

Este Fórum tem como objetivo principal dar uma maior visibilidade às RUP junto dos diversos interlocutores e responsáveis europeus e permitir aos participantes e representantes dessas Regiões darem nota, junto dos principais responsáveis europeus, da sua situação e desafios específicos.

GACS/SDEA



17 de março de 2017

Mais de cem alunos da U.A. participaram no Fórum Triple Helix 2017


“Mais de uma centena de alunos da Universidade dos Açores (UAç) participaram no dia 15 de março, em Ponta Delgada, no Fórum Triple Helix 2017, evento dinamizado pela Vice-Presidência do Governo dos Açores, através da Sociedade para o Desenvolvimento Empresarial dos Açores (SDEA) em parceria com a docente Sandra Faria, do Departamento de Economia e Gestão da Universidade dos Açores.

Durante o fórum, que reuniu seis cursos das áreas de Relações Públicas e Comunicação; Serviço Social; Informática, Redes e Multimédia; Gestão; Economia; Turismo, foi possível um diálogo entre os alunos, oradores convidados e docentes, focado principalmente na necessária articulação entre a academia, empresas e Governo, fundamental na transferência de conhecimento no âmbito da criação de empresas startups.

O primeiro painel, que abordou a inovação como fator crítico de sucesso, teve como oradores convidados: António Onofre Soares, investigador da Universidade dos Açores, João Gregório, da Direção Regional da Ciência e Tecnologia, Rui Cordeiro, da empresa AZ Proteína Açoriana, e Rui Almeida, da empresa Custom Projet.

O segundo painel debruçou-se sobre a relação universidade/empresas no processo de criação de valor através da inovação e teve como palestrante Nuno Mendonça que exerce, entre outras atividades, a gestão da ciência e tecnologia do Instituto de Investigação Interdisciplinar da Universidade de Coimbra.

A iniciativa decorre no âmbito do projeto ETH (Entrepreneurship Triple Helix) em que os alunos da Universidade dos Açores desenvolvem competências e atitudes empreendedoras de forma a transformarem as suas ideias em potenciais planos de negócio visando a articulação entre o conhecimento científico e a sua aplicabilidade.”

9 de março de 2017

Fórum Triple Hélix 2017



O Fórum Triple Hélix 2017 decorre no próximo dia 15 de março, no Auditório Norte da Aula Magna da Universidade dos Açores.

Consulte aqui o programa detalhado.

8 de março de 2017

Empresários açorianos manifestam expetativas positivas no aumento das exportações e volume de negócios


O Vice-Presidente do Governo registou hoje, em Lisboa, o testemunho das empresas regionais presentes no stand dos Açores no SISAB PORTUGAL 2017 - Salão Internacional do Setor Alimentar e Bebidas, relativamente às expetativas de realização de novos negócios e aumento das exportações.

“Este ano, com 31 empresas dos Açores e com esta área que é visível, demonstra-se claramente o sucesso e o interesse das empresas açorianas na participação neste evento”, frisou Sérgio Ávila, acrescentando que “hoje é um dia em que consolidamos aquilo que foi a estratégia de promoção e desenvolvimento dos produtos açorianos”.

Nesse contexto, frisou Sérgio Ávila, foi criada e implementada a Marca Açores, revelando que “é com o maior orgulho e satisfação que podemos hoje dizer que temos 1.756 produtos com a Marca Açores, que, como vemos neste stand, é a referência de identidade da Região, certificada pela Natureza”.

O Vice-Presidente salientou ainda que, depois de visitar os espaços das 31 empresas dos Açores presentes no certame, reteve uma mensagem de “grande satisfação, grandes expetativas de continuar a crescer nas vendas e, felizmente, uma necessidade de aumentar a produção”.

Para Sérgio Ávila, existem três razões que contribuíram para o crescimento que se tem registado ao nível da produção dos produtos açorianos.

“Por um lado, porque a criação e a identificação de uma Marca Açores permitiram que o consumidor regional tivesse uma atitude de maior valorização dos produtos da sua região e de defesa da sua economia”, afirmou.

Em segundo lugar, acrescentou, “o crescimento do turismo, que levou também quem nos visita a procurar a Marca Açores, e, em terceiro lugar, a estratégia de promoção fora da Região dos produtos dos Açores tem dado os frutos”, testemunhados pelas empresas.

A presença das empresas regionais no SISAB insere-se no plano ‘Açores Export 2017’, implementado pela Vice-Presidência do Governo, através da Sociedade para o Desenvolvimento Empresarial dos Açores (SDEA), em parceria com a Câmara de Comércio e Indústria dos Açores, no âmbito da estratégia de incremento de exportações de produtos e serviços regionais desenvolvida pelo Governo dos Açores.

Este plano contempla múltiplas iniciativas e diversos apoios às empresas, designadamente participação em feiras, atividades promocionais e organização de missões empresariais, com o objetivo de promover a notoriedade externa da Região e, em particular, das empresas e produtos ‘Marca Açores’, potenciando novos negócios.

GACS
 

22 de fevereiro de 2017

Prémios Europeus de Promoção Empresarial 2017



O IAPMEI, enquanto Coordenador Nacional desde a primeira edição (2006), está a promover e dinamizar os Prémios Europeus de Promoção Empresarial 2017, uma iniciativa lançada pela Comissão Europeia no âmbito do Small Business Act (Lei das Pequenas e Médias Empresas).
Aos Prémios Europeus de Promoção Empresarial podem ser submetidos projetos ou iniciativas, em curso, ou recentes (demonstrando que existe ou decorreu, ao longo de pelo menos dois anos, incluindo dados quantitativos). Uma mesma entidade pode apresentar diferentes projetos em diferentes categorias.

O prazo para a apresentação de propostas termina a 12 de abril de 2017.

Para mais informação, aceda ao sítio Internet do IAPMEI
A Equipa do IAPMEI está ao dispor através de: premioseuropeus@iapmei.pt ou tel.: 213 836 228.

21 de fevereiro de 2017

A Fundação Everis abriu o período de candidaturas de projetos para a XVI convocatória dos Prémios everis



A Fundação Everis abriu o período de candidaturas de projetos para a XVI
convocatória dos Prémios everis, que, desde o 1o dia, têm como objetivo fomentar a inovação e o empreendedorismo.

Este ano, a XVI edição irá premiar mais um projeto inovador, que se enquadre em qualquer uma das seguintes categorias:
. Novos Modelos de Negócio na Economia Digital;
. Saúde e Biotecnologia;
Tecnologias lndustriais ou Energéticas.

Esta distinção internacional prevê que o vencedor receba 60.000 € em numerário, bem como apoio da fundação everis em serviços de consultoria, num valor aproximado de 10.000 €.
Sendo já considerado um prémio consolidado e prestigiado, este é hoje cobiçado a nível internacional devido à sua longa história de apoio à implementação de projetos inovadores. O talento português tem sido amplamente reconhecido por este prémio, além dos vencedores de 2016 e 2015, a Exogenus Therapeutics e a UromonlÍor, respetivamente, destacamos ainda o facto de as categorias de Menção Honrosa e de Finalista terem sido alcançadas por projetos portugueses em ediçóes anteriores.

Estes são projetos de excelência que contaram com o apoio da fundação everis em serviços de consultoria, e cuja participação no Prémio everis contribuiu em larga escala para a sua projeção internacional.

Os interessados em candidatar-se ao Prémio poderão encontrar todas as informações no site www.everisawards.com ou enviar um e-mail para: portugal.fundacaoeveris@everis.com.

O prazo de receção de candidaturas termina no dia 31 de março de 2017.

20 de fevereiro de 2017

ARTISAN – “AspiRing enTrepreneurIaI families to perpetuate cultural buSiness Across geNerations


Projeto europeu que visa promover o Empreendedorismo nos sectores do Artesanato e Agroturismo.

A Universidade da Beira Interior, junto com outras universidades e empresas (GrantXpert Consulting Ltd e UCLan Cyprus (Chipre), Universidad de Castilla-La Mancha (Espanha), ISOB Institut für sozialwissenschaftliche Beratung Gmbh (Alemanha), EDHEC Business School (França) e Universita Degli Studi di Palermo (Itália)) está desde Setembro de 2016 a desenvolver o projeto ARTISAN – “AspiRing enTrepreneurIaI families to perpetuate cultural buSiness Across geNerations”, financiado pelo programa ERASMUS+ que tem como principal objetivo contribuir para o desenvolvimento do espírito empreendedor e oferecer competências empreendedoras aos elementos juniores e seniores das empresas familiares dos sectores do artesanato e agroturismo a nível nacional. 

Neste projeto pioneiro, a Universidade da Beira Interior é representada pelos docentes do Departamento de Gestão e Economia (UBI-DGE): Prof.ª Helena Alves, Prof.ª Arminda do Paço, Prof. Mário Raposo, Prof. João Ferreira e Ana Cláudia Nave (bolseira de investigação – apoio administrativo ao projeto).
O projeto prevê, em termos gerais, ao longo dos próximos dois anos uma análise empírica às necessidades de competências das empresas familiares, desenvolvimento de Estudos de Caso: dois para o sector do artesanato e dois para o sector do agroturismo e criação de conteúdos para o curso de formação em empreendedorismo direcionado aos elementos juniores e seniores das empresas familiares dos sectores do artesanato e agroturismo.

Em anexo, enviamos a primeira Newsletter do nosso projeto. Este documento encontra-se escrito no idioma inglês mas poderá consultar o nosso website no idioma português: http://www.euartisan.eu/home-pt, para mais informações não hesite em contactar a coordenadora do projeto em Portugal através do email halves@ubi.pt